China blue: trabalhadores chineses


Foto: Teddy Bear Films

O Marcos Fernandes Gonçalves postou sobre as relações de trabalho na China, inspirado pelo documentário China Blue, de 2005.

Me lembrei de uma conversa sobre horas extras: minha amiga passou a trabalhar 14h por dia visando cumprir o prazo para apresentar um relatório para a empresa. No entendimento dela, o fato de trabalhar além da jornada legal e não receber pelas horas trabalhadas a mais é normal, pois ela permaneceu na empresa porque quis, e não porque foi obrigada.

Não é normal, o trabalhador precisa  lutar por melhores condições de trabalho, isso inclui trocar de emprego caso não consiga fazer com que seus direitos sejam respeitados e / ou acionar o Poder Judiciário para obter os direitos que lhe foram negados.

Se todos se submetem à exploração, a tendência é as condições de trabalho se degradarem cada vez mais, criando um grande abismo entre a realidade e o que a lei determina. É claro que as empresas e o governo também precisam cumprir / fiscalizar o ambiente de trabalho, mas o trabalhador, principal interessado, não pode se omitir.

Voltando a realidade chinesa, apesar das condições de trabalho estarem evoluindo, ainda há muito a melhorar, como podemos ver no filme. É necessário aumentar a oferta de emprego, pois quando podemos escolher aonde trabalhar optamos pelas oportunidades mais interessantes, bem como fortalecer a fiscalização e a punição a quem não respeita as regras, punição financeira cujo valor torne inviável desobedecer as normas trabalhistas. Assista o documentário:

Referência

  1. China Blue;
  2. PBS: Independent Lens: China blue;
  3. Wikipedia: China Blue.
Related Posts with Thumbnails

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>